O QUE PODE SER UMA CONSCIENCIA INTEGRADA

A nossa consciência possui um sistema de percepção que no seu conjunto formam quatro funções psíquicas. De acordo com Carl Jung estas funções são denominadas: sensação, sentimento, pensamento, intuição.  Dentro deste sistema, o ser humano atual tem, de modo geral, desenvolvido mais a função "pensamento", em detrimento as demais. Isto traz como consequencia um obstáculo ao discernimento mais profundo das situações, coisas e fatos da vida. Além disso, acentua o predomínio de sistemas de pensamentos exageradamente conflitivos, dualistas e segregacionistas; fortalecendo crenças baseadas na separatividade do "Ser", em relação á "Vida" e ao "Todo". 
Mas nem sempre foi assim, As culturas ancestrais no mundo inteiro desenvolveram as demais funções de modo mais acentuado. Por isto estas portas de percepção estão em cada um de nós de modo passivo, atrofiado. Se tornaram dormentes em nós após aquele momento histórico em que deixaram de ter valor. Isso ocorreu quando o paradigma de consciência  dominante passou a ser o cartesiano, a dialética materialista, e diversas outras linhas fragmentadas na fenomenologia materialista passaram a serem mais valorizadas.
Claro que estes paradigmas foram importantes para direcionar o avanço da humanidade, tanto socialmente quanto tecnologicamente. No entanto, nos tempos atuais se faz necessário haver equilíbrio psíquico social. E para que isto ocorra se faz urgente aprimorar os aspectos sensoriais, sentimentais e intuitivos do "Ser". 
Justamente neste momento é que as culturas ancestrais podem contribuir com seus saberes e valores mais profundos,  Destaco aqui a filosofia,  ou visão de mundo - como queiram  - do xamanismo e algumas de suas artes técnicas empregadas para a expansão da consciência como exemplo. Destaco também o valor da "sustentabilidade", premissa que fundamenta outros valores e posturas das culturas ancestrais, que olha a vida a partir de um conjunto sistêmico, intrínseco, em rede supra-inteligente, que se desdobra do local ao global, da parte para o Todo e do Todo para a parte. 
Para mim o grande desafio do ser humano moderno é desenvolver de maneira integrada as quatro funções psíquicas. Para isso ele precisará despertar o que já se encontra nele mesmo em estado latente. Precisará de reconsiderar a sabedoria das culturas ancestrais, estudas seus princípios mais profundos, compreender suas técnicas mais primevas; pois fazem parte de uma ciência que trabalha a musculatura da contemplação, da sensorialidade e a lapidação dos sentimentos até suas dimensões supra-humanas. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

QUEM GANHA COM AS ARMAS

Teatro e Resistência na cultura indígena