sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Kaká Werá e Rosenbaum resgatam conceitos de eco-arquitetura

2 comentários:

  1. Achei incrível, mas de nada irá adiantar uma eco-arquitetura se os únicos que tiverem acesso a ela forem pessoas ricas (é o que me parece pela suntuosidade do projeto). Uma eco-arquitetura, como eu a vejo, deve ser acessível a todos e não apenas àqueles que podem pagar por materiais mais caros e/ou exóticos. Espero que entendam minha crítica como uma questão de acessibilidade, não como uma ofensa.
    Forte abraço e muita luz!

    ResponderExcluir
  2. Achei incrível, mas de nada irá adiantar uma eco-arquitetura se os únicos que tiverem acesso a ela forem pessoas ricas (é o que me parece pela suntuosidade do projeto). Uma eco-arquitetura, como eu a vejo, deve ser acessível a todos e não apenas àqueles que podem pagar por materiais mais caros e/ou exóticos. Espero que entendam minha crítica como uma questão de acessibilidade, não como uma ofensa.
    Forte abraço e muita luz!

    Jocê Rodrigues

    ResponderExcluir

comente este artigo

Postagem em destaque

BIOGRAFIA DE KAKÁ WERÁ

  Educador. Terapeuta. Empreendedor Social.Ambientalista. Escritor Kaká Werá é psicoterapeuta de formação, de abordagem holística e tra...