quarta-feira, 29 de abril de 2009

Mudando o mundo

Vocês sabem que os anciões são os conselheiros e professores de vida nas culturas ancestrais. Existe uma história do filho do cacique de uma aldeia antiga que procurou o ancião e perguntou:
- Aquele povo do outro lado do rio faz muitas coisas erradas, qual o melhor modo de corrigí-los? Uso a ibirapema? Flecha com curare? Ateio fogo na maloca?
- Antes de mais nada, é preciso mudar as coisas erradas que o nosso povo faz. Antes de julgar o que o outro lado faz, avalie o que este lado anda fazendo.
- Mas como eu faço para mudar as coisas erradas que a nossa aldeia faz?
- Corrigindo as coisas erradas que estão presentes na sua oca.
- Mas como eu faço para corrigir as coisas erradas da minha oca?
- Observe as coisas erradas que habitam em você, reflita sobre elas e corrija o que for preciso.
Naquele dia, depois da conversa com o ancião, filho do cacique procurou o seu pai e devolveu-lhe o arco e a flecha que havia recebido dele para atacar a outra aldeia.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

sobre cuidar e educar

Para refletirmos a questão relativa aos filhos melhores, recebi a seguinte contribuição:
O mestre em educação, com doutorado na França, Prof. José Raul Teixeira, escreveu um livro chamado Desafios da Educação, e neste livro ele diz textualmente: "seus filhos são espiritos". Ele diz que nossos filhos vieram para que os pais os ensinem na sua autosuperação, na reestruturação do caráter moral, e no abrilhamento intelectual. E enfatiza que nossos filhos não chegam até nós como paginas em branco, que desde cedo já podemos observar inclinações, tendencias e instintos.
Por isso o papel fundamental dos pais na educação desde o berço, e chama a atenção dizendo que " em nenhum reino a infancia é tão longa quanto o humano".
Sendo assim é bom observar alguns itens:
1) Seus exemplos são fundamentais.
2) Estamos sendo observados o tempo todo.
3) Nossas ações falam mais do que palavras.

Isso tudo desde a barriga da mãe. No livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes, o autor Augusto Cury escreve: " ...pais que não tem coragem de reconhecer seus erros , nunca ensinarão seus filhos a enfrentar seus próprios erros e a crescer com eles". No livro Vereda Familiar, de autoria de Thereza de Brito, ela ressalta:" ...o que para os pequeninos você apresentar como normal, se normalizará em seus caminhos..."

sábado, 11 de abril de 2009

curar

Curar é re-integrar-se á harmonia com o Todo.
O Todo manifesta-se em quatro espaços:
  1. espaço individual
  2. espaço ecológico
  3. espaço social
  4. espaço espiritual

Curar é reconhecer que estes quatro espaços se interpenetram, que é preciso cuidar de cada um deles com quatro ferramentas inerentes ao ser humano:

  1. amor
  2. sabedoria
  3. discernimento
  4. ação correta
Como estes ferramentas são inerentes mas muitas vezes nos habitam como sementes, então é preciso cultivá-las dia á dia, solitariamente e coletivamente, em todas as nossas relações.



Postagem em destaque

BIOGRAFIA DE KAKÁ WERÁ

  Educador. Terapeuta. Empreendedor Social.Ambientalista. Escritor Kaká Werá é psicoterapeuta de formação, de abordagem holística e tra...